Edital - Processo Seletivo 2015


CENTRO UNIVERSITÁRIO PLANALTO DO DISTRITO FEDERAL – UNIPLAN
EDITAL DE 2 DE JULHO DE 2014
PROCESSO SELETIVO/VESTIBULAR 2015

Por ordem do Magnífico Reitor do Centro Universitário Planalto do Distrito Federal, UNIPLAN, mantido pela Associação Objetivo de Ensino Superior, ASSOBES, CNPJ n.º 01.711.282/0001-06, no uso de suas atribuições, atendendo às Portarias Ministeriais n.ºs. 1.449, de 23 de setembro de 1999; 1.647, de 28 de junho de 2000; 391, de 7 de fevereiro de 2002; e Portaria Normativa n.º 40, de 12 de dezembro de 2007, republicada em 29 de dezembro de 2010, tornamos público o seguinte Edital, válido para os ingressantes por meio do Processo Seletivo/Vestibular 2015 e, também, aplicável aos ingressantes via transferência ou apresentação de diploma de nível superior. 1. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS. Para os candidatos a ingressarem no início do ano de 2015, o Centro Universitário Planalto do Distrito Federal, UNIPLAN, realizará o Processo Seletivo 2015-1.º Semestre em fases independentes, a partir do mês de setembro de 2014, prolongando-se pelos meses subsequentes. Em cada mês, ou seja, em cada fase, independentemente do número de provas nele(a) realizadas, serão disponibilizados 25% das vagas, mais as vagas remanescentes das fases anteriores. O candidato aprovado em uma das provas está desobrigado de realizar as provas subsequentes. Em cada fase, a partir da 2.ª, será classificado no curso o candidato que obtiver nota igual ou superior à nota mínima exigida para a classificação no mesmo curso nas fases anteriores, resguardando-se sempre o número de vagas oferecidas. O candidato poderá optar por Prova Tradicional ou por Agendamento. Observações: 1.ª) Recomenda-se aos candidatos que cheguem ao local de prova com antecedência mínima de meia hora, pois não será permitida a entrada de retardatários. 2.ª) Poderão inscrever-se para concorrer às vagas do Processo Seletivo 2015-1.º Semestre candidatos que tenham concluído ou venham a concluir o ensino médio até o mês de dezembro de 2014. Candidatos que concluírem o ensino médio após dezembro de 2014 serão considerados treineiros. 3.ª) Para participar de qualquer uma das provas, o candidato deverá fazer sua inscrição e realizar a prova dentro dos prazos especificados. 4.ª) O candidato que se inscrever para uma prova e não comparecer estará automaticamente inscrito para uma prova seguinte, devendo fazer apenas a escolha da nova data e horário. 5.ª) O candidato não classificado em uma prova poderá prestar uma prova seguinte, sem necessidade de nova inscrição, devendo fazer apenas a escolha da nova data e horário. 6.ª) Em cada prova, serão aceitas novas inscrições. 7.ª) O ingresso do candidato dar-se-á por meio da classificação obtida na prova que realizar. 8.ª) O candidato classificado em uma prova não precisará realizar outra prova. Mas, uma vez classificado, se ainda quiser participar de outra prova (para tentar outro curso ou para concorrer a um novo curso introduzido nessa fase, por exemplo), deverá fazer nova inscrição. 9.ª) Todos os candidatos, inclusive os que ainda cursam a última série do ensino médio, devem estar cientes de que, caso não consigam comprovar, até a época da matrícula, a conclusão do ensino médio, por meio da apresentação dos documentos legalmente exigidos, será feita uma matrícula condicional. Essa matrícula será efetivada com a apresentação dos correspondentes comprovantes, até o dia 6/2/2015, improrrogavelmente. Caso contrário, a matrícula condicional poderá ser anulada, sem direito a qualquer reclamação ou recurso. 10.ª) Ao final das fases previstas, caso haja vagas remanescentes, será dada continuidade ao Processo Seletivo. 11.ª) A aprovação do candidato no Processo Seletivo 2015-1.º Semestre poderá, ao critério do UNIPLAN, ser utilizada para sua matrícula inicial em um semestre posterior. No Processo Seletivo para preenchimento das vagas do 1.º semestre de 2015, o UNIPLAN oferece duas opções de prova: 1.ª) PROVA TRADICIONAL – Com data prefixada e realizada segundo a sistemática habitual. As inscrições para a Prova Tradicional podem ser feitas até 24 horas antes da realização da prova, pela internet (www.uniplandf.edu.br) ou, pessoalmente, nos campi do UNIPLAN, nos colégios e cursinhos autorizados ou em postos volantes. Datas e horários de provas: a 1.ª fase será realizada nos dias 13, 20 ou 27 de setembro de 2014, às 14 horas; a 2.ª fase, nos dias 4, 11, 18 ou 25 de outubro de 2014, às 14 horas; a 3.ª fase, nos dias 1, 22 ou 29 de novembro de 2014, às 14 horas, ou 5 ou 12 de novembro de 2014, às 19h30; a 4.ª fase, nos dias 6, 13, 20 ou 27 de dezembro de 2014, às 14 horas; as fases subsequentes, a partir de janeiro de 2015, serão realizadas aos sábados, às 14 horas, conforme escolha do candidato. Serão agendadas novas provas, durante a semana e/ou aos domingos, em datas e horários a serem definidos, que serão divulgados pela internet (www.uniplandf.edu.br) e/ou por outros meios de comunicação. Importante: O candidato aprovado em uma das provas está desobrigado de realizar as provas subsequentes. Local: indicado no comprovante de inscrição. O candidato deverá comparecer ao local indicado com, pelo menos, meia hora de antecedência. Duração: mínima de uma hora e máxima de duas horas. Resultado: 48 horas após a realização da prova. 2.ª) PROVA POR AGENDAMENTO – É realizada com a utilização de computador que apresenta provas diferentes para cada candidato. Essa prova é aplicada nos laboratórios de informática do UNIPLAN, sempre antes da Prova Tradicional da fase correspondente, em dia e horário agendados pelo candidato. As inscrições para a Prova por Agendamento podem ser feitas até 24 horas antes da realização da prova, pela internet (www.uniplandf.edu.br), por telefone ou, pessoalmente, nos campi do UNIPLAN. Datas e horários de provas: a partir de 8 de setembro de 2014, de 2.ª a 6.ª feira, das 9 às 16 horas, e sábado, das 9 às 11 horas. Local: no campus do UNIPLAN escolhido pelo candidato, com agendamento prévio. O candidato deverá comparecer ao local indicado com, pelo menos, meia hora de antecedência. Duração: mínima de uma hora e máxima de duas horas. Resultado: 48 horas após a realização da Prova Tradicional da fase correspondente ou da Prova por Agendamento. O candidato deve optar por um dos dois tipos de prova. ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio): O candidato que realizou o ENEM em um dos três anos anteriores pode ser dispensado de fazer as provas do Processo Seletivo 2015-1.º Semestre para ingressar no UNIPLAN. Nesse caso, basta fazer a inscrição em um campus do UNIPLAN e entregar uma cópia autenticada do Boletim de Desempenho Individual de Notas do ENEM, até 48 horas antes da Prova Tradicional. Nessas condições, ele estará concorrendo a 10% do total de vagas do 1.º semestre de 2015. A nota obtida no ENEM será padronizada com as notas da prova do Processo Seletivo 2015-1.º Semestre. O candidato que apresentar nota de redação menor que 300 (trezentos), numa escala de 0 (zero) a 1.000 (mil), deverá, obrigatoriamente, realizar Prova Tradicional ou por Agendamento, pois, nesse caso, suas notas do ENEM não serão aproveitadas. 2. DAS CONDIÇÕES E PROCEDIMENTOS. OPÇÕES DE CURSO, TURNO E CAMPUS: Todo candidato poderá inscrever-se em três opções. Cada opção representa um curso e o turno de funcionamento desse curso. As opções são independentes e o candidato deverá preencher cada uma separadamente. Para fazer a 1.ª opção, o candidato deverá escolher o curso (e turno) de sua preferência. Para fazer as 2.ª e 3.ª opções, basta repetir a sequência anterior. INSCRIÇÃO: A inscrição, tanto para a Prova Tradicional como para a Prova por Agendamento, poderá ser feita pela internet ou presencialmente, a partir de 4 de setembro de 2014. Para realizá-la pela internet, o candidato deverá: a) acessar o site www.uniplandf.edu.br; b) no item Vestibular, clicar em Inscrições Abertas; Uma nova página será exibida, onde poderá ver os cursos do UNIPLAN, consultar o Manual do Candidato e verificar os cursos e turnos oferecidos. c) clicar na caixa Inscreva-se!; d) digitar o seu CPF; Uma nova página será exibida, onde deverá: e) preencher todos os campos do formulário; f) fazer a opção pelo tipo de prova: Tradicional ou por Agendamento. Se optar por Prova Tradicional: escolher a data da prova; ler o requerimento de inscrição e concordar com ele; preencher as opções e as preferências, clicando no ícone correspondente e escolhendo o curso, o turno e o campus; clicar em Enviar; escolher o local (campus) em que deseja fazer a prova; clicar novamente em Enviar; conferir os dados de sua inscrição e clicar em Confirmar; clicar em Comprovante de Inscrição para obter o referido comprovante, o qual deverá ser apresentado no local e horário da prova. Se optar por Prova por Agendamento: ler o requerimento de inscrição e concordar com ele; preencher as opções e as preferências, clicando no ícone correspondente e escolhendo o curso, o turno e o campus; clicar em Enviar; selecionar a data da prova e, em seguida, o horário e o local (campus) em que deseja fazer a prova; clicar novamente em Enviar; conferir os dados de sua inscrição e clicar em Confirmar; clicar em Comprovante de Inscrição para obter o referido comprovante, o qual deverá ser apresentado no local e horário agendados para a realização da prova. Obs.: Não serão considerados aptos a realizar as provas os candidatos que estiverem, eventualmente, impossibilitados de comparecer ao local determinado para sua realização, salvo mediante decisão da Comissão Organizadora do Processo Seletivo/Vestibular. O ato de inscrição implica, por parte do candidato, o reconhecimento e a aceitação de todas as condições previstas no Manual do Candidato, nos Editais do Processo Seletivo 2015 e nos Regulamentos do UNIPLAN, tanto para efeitos contratuais quanto para efeitos legais. As inscrições devem atender às instruções contidas no Manual do Candidato. Questionário: todo candidato deverá responder a um questionário que será apresentado por ocasião da inscrição. Taxa de inscrição: a taxa de inscrição é de R$ 40,00 (quarenta reais). Isenção da taxa de inscrição: o candidato poderá isentar-se dessa taxa fazendo a inscrição pela internet ou solicitando a isenção, quando a fizer pessoalmente. Casos especiais: candidato portador de necessidades especiais (visuais, auditivas ou motoras) deverá inscrever-se até uma semana antes do encerramento das inscrições para a prova de que vai participar, informando, no posto de inscrição, em formulário específico, do que necessita para realizar a prova. COMPOSIÇÃO DAS PROVAS – Tanto a Prova Tradicional como a Prova por Agendamento serão constituídas de uma redação em Língua Portuguesa e de 25 (vinte e cinco) questões multidisciplinares, versando sobre os programas de Língua Portuguesa, Língua Estrangeira (Inglês), História, Geografia, Matemática, Física, Química e Biologia, do Ensino Médio. Nessas provas, cada questão possui peso 4 (quatro); portanto, as questões todas possuem valor 100 (cem) e a redação, valor 40 (quarenta), totalizando 140 (cento e quarenta) pontos. Obs.: As questões de Língua Estrangeira serão de Inglês, tanto para a Prova Tradicional quanto para a Prova por Agendamento. O programa das matérias que constarão da prova será especificado no Manual do Candidato. Durante o período de realização do Processo Seletivo, independentemente da fase realizada, a duração e/ou a composição das provas poderão ser alteradas, ao critério da Comissão Organizadora do Processo Seletivo/Vestibular. CLASSIFICAÇÃO /DESCLASSIFICAÇÃO – Classificação: A classificação dos candidatos dar-se-á respeitando-se a 1.ª opção e, depois, as opções seguintes, pela ordem decrescente da média ponderada obtida nas provas, até o limite das vagas oferecidas para o curso, turno e/ou campus. Em caso de empate, será classificado o candidato que obtiver maior nota na redação. Persistindo o empate, será classificado o candidato mais velho. Todas as convocações de aprovados levarão em conta o número de vagas para o curso, turno e/ou campus. Desclassificação: a redação é obrigatória e consta tanto da Prova Tradicional como da Prova por Agendamento. Será desclassificado o candidato que obtiver nota de redação menor que 3 (três), numa escala de 0 (zero) a 10 (dez), independentemente de sua média. Também será desclassificado aquele que usar de meios fraudulentos ou cometer atos de indisciplina durante a realização da prova. Não serão concedidas vistas ou revisões das provas em hipótese alguma. RESULTADO – A lista oficial dos classificados será publicada no site do UNIPLAN (www.uniplandf.edu.br) por meio de Edital de Convocação. O UNIPLAN não se responsabilizará pela publicação da lista de aprovados nos órgãos de comunicação. O UNIPLAN poderá comunicar a classificação do candidato por meio de telegrama, ou aerograma, ou e-mail ou mensagem via celular. Na hipótese de as vagas não serem preenchidas em primeira chamada, serão efetuadas novas convocações, observando-se a opção e a ordem de classificação dos candidatos. O candidato poderá ser convocado para o curso de 2.ª ou 3.ª opção. Nesse caso, ele deve fazer sua matrícula, pois continuará concorrendo para a 1.ª opção nas convocações seguintes. Se, em nova convocação, for classificado para outro curso, o candidato poderá fazer a troca de curso. Nesse caso, serão feitos os acertos correspondentes à diferença de mensalidades. Observações: 1 - Os cursos oferecidos são de regime semestral, com periodicidade anual, e as matrículas são realizadas por disciplinas, em blocos, conforme o Regimento da Instituição. As disciplinas semestrais poderão ser agrupadas ou seriadas de formas diferentes nos períodos letivos que compõem o curso e não serão obrigatoriamente oferecidas na mesma ordem. Inclusive, disciplinas poderão ser cursadas concomitantemente por alunos que ingressaram na Instituição em diferentes épocas. 2 – Todos os cursos do UNIPLAN são constituídos de atividades curriculares e extracurriculares. 3 - Se o número de alunos matriculados após o término do Processo Seletivo não atingir 80% (oitenta por cento) do total de vagas oferecidas no curso em determinado campus, ou turno, o UNIPLAN, ao seu critério, poderá cancelar o oferecimento dessa opção. Nesse caso, será oferecida ao aluno pelo menos uma das seguintes opções: a) o mesmo curso no mesmo campus, em outro turno; b) o mesmo curso em outro campus, em turno disponível; c) outro curso em campus e turno disponíveis; d) devolução da(s) quantia(s) paga(s), o que será feito vinte dias após o aluno requerê-la na Secretaria. 4 - Se, no transcorrer do curso, a partir do 2.º período, o número de alunos matriculados em determinado campus, período e turno não atingir 40 (quarenta), ao critério do UNIPLAN, os alunos poderão ser transferidos para outro turno do mesmo campus ou para outro campus e turno disponíveis. 5 - Para determinados cursos dos turnos da manhã e da tarde, poderão ser concedidos, ao critério do UNIPLAN, descontos extras que vigorarão até o mês de dezembro do ano de ingresso do aluno. Os alunos que gozarem desse desconto extra poderão, ao critério do UNIPLAN, ser transferidos, a partir do ano subsequente ao do ingresso, para o turno da noite, no campus em que está matriculado, ou para um turno disponível em outro campus. 6 - Ao critério do UNIPLAN, parte da carga horária total do curso, até o limite permitido pela legislação vigente, poderá ser ministrada pela modalidade de ensino a distância. Para ministrar a parte relativa à educação a distância, a Instituição, ao seu critério, poderá manter convênio com outra instituição devidamente credenciada pelo MEC para essa modalidade de ensino. As disciplinas cursadas em regime de dependência serão ministradas dessa forma. 7 - As aulas teóricas e práticas, ao critério do UNIPLAN, poderão ser concentradas de segunda a quinta-feira, reservando-se, preferencialmente, a sexta-feira para atividades de autoaprendizagem, estudos supervisionados, atividades de biblioteca, projetos de iniciação científica e extensão universitária, bem como outras atividades complementares. 8 - Os cursos oferecidos poderão ter aulas e outras atividades curriculares e extracurriculares, como, por exemplo, estágios, em turno diferente daquele em que o aluno está matriculado, inclusive aos sábados. 9 - Em razão da demanda social, o UNIPLAN poderá alterar e redistribuir as vagas oferecidas entre os turnos e/ou cursos e/ou campi, em ato aprovado pelos Colegiados Superiores, nos termos da legislação. 10 - O UNIPLAN também poderá conceder ao aluno, segundo critérios e condições fixados por ele, diploma de Curso Superior de Formação Específica - Formação Executiva, ao final de dois, dois e meio ou três anos. MATRÍCULA – A matrícula será realizada pela internet. Para isso, o candidato deverá: a) acessar o site www.uniplandf.edu.br; b) no item Vestibular, clicar em Lista de Aprovados e informar o número do seu CPF ou o número de sua inscrição no Processo Seletivo 2015-1.º Semestre. Aparecerá o link Matrícula se o candidato foi aprovado; c) clicar no link Matrícula e preencher os dados solicitados; d) ao visualizar o Requerimento de Matrícula e Contrato de Prestação de Serviços Educacionais, leia-o atentamente e clique em Aceito o Contrato; e) imprimir tanto o boleto para pagamento da primeira parcela da semestralidade quanto o Requerimento de Matrícula e Contrato de Prestação de Serviços Educacionais; f) efetuar o pagamento do boleto na rede bancária até a data do vencimento. Decorridos dois dias úteis do pagamento, comparecer, o mais breve possível, antes de começar a frequentar as aulas, ao campus em que foi aprovado para entregar o Requerimento de Matrícula e Contrato de Prestação de Serviços Educacionais, devidamente assinado pelo aluno, e pelo pai (ou responsável) se o aluno for menor de 21 anos, e duas fotos 3x4 recentes; entregar duas cópias autenticadas ou apresentar os originais e entregar duas cópias dos seguintes documentos: histórico escolar do ensino médio ou equivalente; diploma ou certificado de conclusão do ensino médio ou equivalente; certidão de nascimento ou casamento; cédula de identidade; título de eleitor; prova de quitação do serviço militar; comprovante de residência (conta de luz ou água ou telefone etc.); Cadastro de Pessoa Física (CPF) do aluno, e do pai (ou responsável) se o aluno for menor de 21 anos; Boletim de Desempenho Individual de Notas do ENEM (caso o aluno tenha realizado o Exame). Prazo e local: as matrículas dos candidatos classificados e convocados serão feitas para o local de funcionamento dos cursos, no período de matrículas indicado no Edital de Convocação. O candidato convocado que não efetuar sua matrícula no prazo estipulado só poderá matricular-se posteriormente, ao critério do UNIPLAN, e desde que haja vagas. Ao critério dos Conselhos Superiores da Instituição, a renovação da matrícula do aluno poderá ser determinada para um turno e/ou campus diferente(s) daquele(s) frequentado(s) no semestre anterior. Número de alunos por turma: os candidatos classificados e matriculados serão divididos em grupos de 50 (cinquenta) alunos. Em aulas teóricas e/ou expositivas, haverá a junção de dois grupos ou mais. Em aulas de laboratório, poderá haver a subdivisão dos grupos. Início das aulas: a data de início das aulas será comunicada por ocasião da matrícula. Os alunos matriculados para o 1.º período semestral deverão assistir às aulas nos locais especificados no Manual do Candidato ou em outro local a ser indicado pela Instituição. ENDEREÇOS. Os cursos oferecidos funcionarão nos endereços relacionados a seguir: Av. Pau Brasil, Lote 2 – Águas Claras; SGAS – Quadra 913, s/n.º – Conjunto B – Brasília/DF; e/ou outro(s) local(is) a ser(em) designado(s) pela Instituição. Os alunos matriculados por meio do Processo Seletivo 2015 – 1.º Semestre deverão assistir às aulas no campus da Av. Pau Brasil, Lote 2 – Águas Claras – Brasília/DF. 3. DAS VAGAS, TURNOS DE FUNCIONAMENTO, ATOS DE AUTORIZAÇÃO OU RECONHECIMENTO E CONCEITOS DOS CURSOS. Cursos Superiores Tradicionais: Administração – 240M e 210N – Ren. Reconh. Port. n.º 702/13, conceitos CR,CR,CB; Arquitetura e Urbanismo – 180M e 300N – Reconh. Port. n.º 175/13; Ciência da Computação – 240M e 210N – Ren. Reconh. Port. n.º 215/13, conceitos CR,CB,CB; Ciências Econômicas – 240M e 210N – Reconh. Port. n.º 2.787/03, conceitos CR,CMB,CB; Comunicação Social (Publicidade e Propaganda) – 240M e 210N - Reconh. Port. n.º 3.692/03, conceitos CR,CB,CB; Direito – 80M e 220N – Ren. Reconh. Port. n.º 542/13, conceitos CR, CB, CB (Obs.: Os ingressantes nas turmas de julho deverão, necessariamente, participar de programa institucional de nivelamento); Educação Física (Licenciatura) – 240M e 360N – Ren. Reconh. Port. n.º 286/12; Educação Física (Graduação Plena) – 240M e 360N – Reconh. Port. n.º 297/13; Farmácia – 120N – Ren. Reconh. Port. n.º 246/14, conceitos CR,CR,CR; Fonoaudiologia – 240M e 240N – Reconh. Port. n.º 674/02, conceito B; Pedagogia (Licenciatura) – 240M e 285N – Reconh. Port. n.º 1.368/02, conceito A; e Turismo – 240M e 210N - Reconh. Port. n.º 3.693/03, conceitos CR, CMB, CMB. Ciências Contábeis; Comunicação Social (Jornalismo); Enfermagem; Fisioterapia; Marketing; Nutrição; e Relações Internacionais – com 240 vagas no turno da manhã e 360 no turno da noite, por curso, todos autorizados conforme Resolução CONSUNI 001/06, de 20/5/06. Ciências Biológicas (Licenciatura e Bacharelado); História (Licenciatura); Letras (Licenciatura em Português/Espanhol e em Português/Inglês); e Matemática (Licenciatura) – com 240 vagas no turno da manhã e 360 no turno da noite, por curso; e Engenharia Civil - com 360 vagas no turno da manhã e 360 no turno da noite, todos autorizados conforme Resolução CONSUNI de 22/7/08. Engenharia, bacharelado, nas modalidades de Engenharia de Controle e Automação (Mecatrônica) e de Engenharia de Produção, com 240 vagas no turno da manhã e 360 vagas no turno da noite, por modalidade, autorizado conforme Resolução CONSUNI de 7/8/2010. (M = manhã e N = noite). Obs.: A Licenciatura em Pedagogia, nos termos dos Pareceres CNE/CP n.º 5/2005 e 3/2006 e da Resolução CNE/CP n.º 1, de 15 de maio de 2006, assegura a formação de profissionais do magistério de educação infantil e fundamental (séries iniciais), além do suporte pedagógico previsto no art. 64, em conformidade com o inciso VIII do art. 3.º da Lei n.º 9.394/96. A Lei n.º 12.014, de 6 de agosto de 2009, altera o art. 61 da Lei n.º 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que reconhece os funcionários de escolas, habilitados, como profissionais da educação. As Diretrizes Curriculares Nacionais para os cursos de graduação em Turismo foram instituídas de acordo com a Resolução CNE/CES n.º 13, de 24 de novembro de 2006. Cursos Superiores de Tecnologia (menor duração): Todos os Cursos Superiores de Tecnologia foram adequados à nova denominação constante do Catálogo Nacional de Cursos Superiores de Tecnologia 2010 (edição 1/6/2010), atendendo às Portarias Ministeriais n.os 10, de 28 de julho de 2006, e 12, de 14 de agosto de 2006; e Resolução CONSUNI n.º 003/2010, de 2/2/10, conforme seguem: Comércio Exterior – 100N - Aut. Port. n.º 3.341/03; Comunicação Institucional – 100N - Aut. Port. n.º 1.362/04; Design de Interiores – 120M e 240N - Reconh. Port. n.º 38/12; Design Gráfico – 100M - Aut. Port. n.º 947/04 e 100N - Ren. Reconh. Port. n.º 523/13; Eventos – 100N - Reconh. Port. n.º 430/11; Gestão da Tecnologia da Informação – 500N - Reconh. Port. n.º 166/06; Gestão de Recursos Humanos – 2.000N – Ren. Reconh. Port. n.º 702/13; Gestão Desportiva e de Lazer – 100N - Aut. Port. n.º 4.088/03; Gestão de Turismo – 100N - Aut. Port. n.º 1.981/04; Gestão Hospitalar – 500N - Aut. Port. n.º 1.980/04; Marketing – 100N - Aut. Port. n.º 4.086/03 e 500N - Reconh. Port. n.º 163/06; Negócios Imobiliários – 120M e 240N - Reconh. Port. n.º 10/12; Processos Gerenciais – 500N - Aut. Port. n.º 4.085/03; Produção Multimídia – 100M - Aut. Port. n.º 3.344/03 e 100N - Reconh. Port. n.º 164/06; Redes de Computadores – 100N – Ren. Reconh. Port. n.º 286/12; e Tecnologia em Sistemas de Informação – 150N – Reconh. Port. n.º 2.347/01, conceito B. Design de Moda e Gestão Empresarial e Controladoria – com 120 vagas no turno da manhã e 240 no turno da noite, por curso, todos autorizados conforme Resolução CONSUNI 001/06, de 20/5/06. (M = manhã e N = noite). As vagas oferecidas no Processo Seletivo/Vestibular 2015 para o 1.º Semestre que, porventura, não forem preenchidas poderão ser remanejadas para outra seleção para os mesmos cursos. Os cursos e vagas que dependem de autorização do MEC poderão ser incluídos em uma fase posterior. Observações: 1 – O curso de Engenharia tem duração de cinco anos (dez semestres) e é constituído de dez períodos letivos. A partir do 5.º período, ao critério do UNIPLAN, todas as aulas poderão ser ministradas à noite, mesmo para aqueles que optarem pelo turno da manhã. O UNIPLAN reserva-se o direito de, a partir do 5.º período, não formar turmas da modalidade (habilitação) com número de matriculados inferior a 40 alunos. Para os cursos de Engenharia, ao critério do UNIPLAN, determinadas aulas de laboratórios poderão ser ministradas no campus do UNIPLAN, na SGAS – Quadra 913, s/n.º - Conjunto B. 2 – Em relação às modalidades Licenciatura e Bacharelado/Graduação Plena dos cursos de Ciências Biológicas e Educação Física, o UNIPLAN reserva-se o direito de não dispor o funcionamento da modalidade se o número de matriculados for inferior a 40 alunos. 3 – O curso de Redes de Computadores poderá ter duração de dois ou dois anos e meio, conforme legislação vigente. 4 – Os estágios da área da Saúde poderão ser realizados em turnos diferentes daquele em que são ministradas as aulas. 5 – Ao critério do UNIPLAN, as aulas e as outras atividades curriculares e extracurriculares dos cursos poderão ser ministradas de segunda-feira a sábado, em turno e/ou campus diversos daquele em que o aluno está matriculado. Assim, por exemplo, atividades e/ou aulas práticas poderão ser agendadas em locais e/ou turnos diversos dos quais os alunos estão matriculados, inclusive aos sábados. 6 – Após o encerramento do Processo Seletivo 2015-1.º Semestre, conforme Regimento da Instituição, também mediante processo seletivo, as vagas remanescentes poderão ser preenchidas por alunos transferidos de outra instituição ou por candidatos portadores de diploma de graduação de nível superior. 7 – Ao critério do UNIPLAN, as observações de 1 a 6 são aplicáveis tanto para os ingressantes por meio do Processo Seletivo 2015 quanto para os ingressantes via transferência ou apresentação de diploma de nível superior.

Brasília, 2 de julho de 2014.
GERALDO MAGELA ALVES
Presidente da Comissão do Processo Seletivo/Vestibular 2015

Publicado no Diário Oficial da União em 13/8/14, seção 3, páginas 142 a 144.

Todos os direitos reservados © 2002-2014 - Centro Universitário Planalto do Distrito Federal
Avenida Pau Brasil, lote 02 S/N - Águas Claras - Brasília/DF - Tels: (61) 3435-2200 / 3435-5646